Categorias:

Massagem tântrica: o que é, como fazer e benefícios

Quem não gostaria de ter uma vida menos ansiosa, com mais vínculo com o presente e que melhore o relacionamento com o parceiro? É exatamente isso que a massagem tântrica faz.

Baseada em uma filosofia antiga, é praticada e usufruída por muitos casais e pessoas que desejam uma vida mais leve e saudável. 

Além disso, se você deseja dar mais prazer para o seu parceiro, é importante mudar o roteiro ultrapassado e ensaiado que vocês dois já conhecem.

Por isso, a massagem tântrica é perfeita para aqueles que buscam novos prazeres e experiências, seja na cama ou fora dela.

Ficou interessado? Então continue lendo para saber tudo sobre massagem tântrica e como fazer uma.

O que é massagem tântrica?

A massagem tântrica é um tipo de massagem que tem como base a filosofia Tantra e tem suas raízes no Tantra Yoga.

Tantra Yoga é, de acordo com os estudiosos de Yoga, uma renovação das antigas práticas espirituais védicas e yoguis.

Dessa forma, os tântricos desenvolveram métodos inovadores para que possamos nos permitir experimentar uma realidade mais próxima do verdadeiro eu.

Ou seja, com a filosofia Tantra, você passa a entender o corpo como uma ferramenta que deve ser explorada.

Assim, não demorou muito para que a massagem tântrica fosse desenvolvida, procurando relaxar o corpo e promover o autoconhecimento, levando, consequentemente, a uma melhor vida sexual.

Fica claro, então, que ainda que seja conhecida como uma massagem erótica, a massagem tântrica não ajuda apenas na vida sexual, mas essencialmente no autoconhecimento.

Benefícios da massagem tântrica

Sem dúvidas, um dos maiores benefícios da massagem e do sexo tântrico é que há uma ajuda muito grande e significativa para alguém que tenha sofrido algum tipo de trauma no passado.

Por exemplo, muitas mulheres deixam de enxergar o sexo da mesma maneira, e com razão, depois que são assediadas ou mesmo violentadas sexualmente. 

Com a massagem tântrica, muitas delas relatam que aprenderam a ressignificar o sexo  depois que passaram a praticá-la.

Afinal, conforme foi dito anteriormente, na filosofia tantra, todo corpo é visto como uma ferramenta de conhecimento e uso a nosso favor.

Além disso, mulheres que tiveram um parto difícil e sofreram algum tipo de trauma vaginal também podem ser ajudadas. 

Homens que têm disfunção erétil, ejaculação precoce e qualquer insegurança com o próprio corpo e suas partes íntimas, também são muito beneficiados pela massagem tântrica.

Outros benefícios da massagem tântrica:

  • Combate à insônia;
  • Melhora a qualidade do sono;
  • Ajuda a aliviar dores físicas;
  • Ajuda a tratar dores emocionais;
  • Diminui o estresse;
  • Melhora a resistência sexual;
  • Promove o autoconhecimento;
  • Ajuda na aproximação com o parceiro;
  • Diminui a insegurança na hora do sexo.

É importante ressaltar que em casos de traumas sexuais, a massagem tântrica não substitui um psicólogo ou terapeuta sério, bem como outros profissionais da saúde como um psiquiatra, mas serve como uma ajuda complementar no tratamento desses traumas. 

Nesses casos, indicamos que procure sempre um profissional da massagem tântrica experiente na área e reconhecido pelo que faz.

Preparação para massagem tântrica

Antes de começar uma massagem tântrica é importante fazer algumas considerações, como a importância de uma mente calma e um ambiente leve e adequado.

Além disso, veja o que você precisa de produto antes de iniciar uma massagem tântrica.

Óleos e essências

É muito importante que seja um momento calmo e relaxante. 

Por isso, muitos profissionais da massagem tântrica recomendam o uso de essências com o cheiro de preferência da pessoa.

Além disso, o óleo vegetal é praticamente obrigatório, ou seja, basta que o óleo seja totalmente natural e extraído das plantas. 

Talvez você pense que isso não faz diferença, mas é um fator primordial para que o ambiente mude…

Ambiente

Sobre o meio onde você vai praticar a massagem tântrica, é importante que ele seja planejado.

Como mencionei, as essências e óleos fazem toda diferença e, por isso, aqui no local onde você vai receber ou realizar em alguém a massagem tântrica, se atente aos aromas e cores que deseja ressaltar no espaço.

É importante que a cor traga leveza e os aromas, calma e paz. 

Por isso, nada de cheiros muito fortes e nem cores gritantes na sala.

Se optar por fazer em seu quarto, mude a roupa de cama, acenda velas, altere alguns aspectos do quarto o deixando mais confortável para a situação.

Uma boa ideia é colocar uma música de sua preferência e acender velas com aroma que goste.

Mentalidade

A mentalidade é outro aspecto que precisa ser preparada antes de iniciar a massagem tântrica.

Afinal, aqui a ideia aqui é de deixar de lado os pudores e se permitir sentir prazer, seja ele sexual ou espiritual.

Por isso, uma boa ideia é meditar antes da massagem e enquanto estiver recebendo a mesma (ou aplicando, como ensinaremos aqui).

Se livre das ideias que possam te deixar com vergonha e abrace o momento com uma mentalidade mais calma e suave.

Dessa forma, uma dica é se concentrar nos aromas, no óleo passando no corpo, na sua respiração e na do parceiro, no ambiente calmo, e esquecer todo o resto.

O que acontece durante uma massagem tântrica?

O que acontece durante uma sessão de massagem tântrica varia muito do estúdio de massagem ou spa, dependendo das instalações e qualificação do profissional.

Mas em geral, a massagem tântrica se trata de massagear todo o corpo da pessoa, até a genitália feminina ou masculina.

Por isso, é normal algumas pessoas terem um orgasmo durante uma massagem tântrica, mesmo que esse não seja o objetivo. 

A ideia da massagem tântrica é fazer a pessoa se inclinar a receber o prazer sem pudores, desbloquear medos e tensões e se conectar com a outra pessoa, espiritual e carnalmente.

Além disso, a pessoa recebe a massagem, a pessoa também é instruída a fazer respiração, meditação guiada, assim como outras práticas espirituais ou de trabalho com gasto de caloria, o que vai depender do seu profissional e o que você escolher na hora da massagem.

É claro que não necessariamente você precisa ir até uma clínica de massagem para receber uma massagem tântrica. 

Afinal, você pode se sentir mais livre e confortável para isso com o seu parceiro, e fazer em casa com ele é uma boa opção também.

Assim, você introduz uma nova forma de praticar o sexo, de uma maneira mais íntima e diferente, fugindo dos clichês. 

Por isso, a seguir falarei melhor sobre como fazer uma massagem tântrica.

Como fazer uma massagem tântrica?

Agora que você já entendeu o que é e os benefícios da massagem tântrica, provavelmente queira também usufruir desse tipo de massagem. 

Segue abaixo o passo a passo de como fazer uma massagem tântrica.

Primeiro passo sobre como fazer a massagem tântrica

Primeiramente, comece pela parte de trás do corpo da pessoa.

Deite-a relaxadamente de bruços na cama e passe de 20 a 30 minutos massageando suas costas, glúteos e pernas com bastante óleo vegetal.

Não se apresse e observe a pessoa entrar em estado de relaxamento aos poucos, para então se doar a cada movimento da massagem em seguida. 

Faça movimentos circulares e de pressão, usando tanto as palmas das mãos quanto os dedos.

É importante que você note as respostas que a pessoa está dando a cada movimento da massagem tântrica, se isso leva a mesma ao relaxamento ou a deixa tensa. 

Por isso, só siga adiante naqueles movimentos que realmente a fazem relaxar e se doar cada vez mais ao momento presente da massagem. 

É importante que você busque ser um leitor dos sinais corporais da pessoa, sem que ela precise mencionar o que gosta e o que não gosta.

Encerrando a parte de trás do corpo da pessoa, vamos para o passo 2 sobre como fazer uma massagem tântrica.

Segundo passo sobre como fazer uma massagem tântrica

Agora, passe para a parte da frente do corpo da pessoa.

É um momento em que você deve perceber que o receptor está realmente relaxado, então apenas indique com um tom de voz calmo e tranquilo para ele rolar o corpo para frente.

Em seguida, comece a massagear as pernas, os pés e dedos dos pés, assim como as mãos e os dedos. 

Demore um pouco em cada membro, nos braços, coxas e em cada parte do corpo, deslize lentamente o óleo vegetal até a pessoa relaxar.

Depois disso, comece a massagear com mais delicadeza a barriga e os seios, já que são regiões do corpo mais delicadas e sensíveis ao toque. 

Intercale a massagem entre essas duas regiões e o resto do corpo durante um intervalo de 20 a 30 minutos e, só no final dessa segunda parte, se demore mais em estimular de forma calma e delicada a parte do lingam ou yoni.

Aqui, existem diferentes pontos de foco na hora de massagear o corpo, e para cada um existe um respectivo nome: lingam significa pênis, enquanto yoni significa vulva ou vagina.

Entenda melhor o que são essas massagens e como fazer cada uma abaixo.

Massagem lingam: o que é e como fazer

A massagem lingam se concentra em massagear o pênis e dar prazer ao receptor. 

Por isso, a pessoa precisa estar realmente relaxada até esse momento da massagem tântrica, para que os músculos estejam sem tensão e a mente da pessoa, tranquila.

Primeiramente, inicie deixando a pessoa deitada de barriga para cima, com as pernas abertas e os joelhos dobrados. 

Lembre-se de comunicar a pessoa sempre de respirar profundamente ao longo de toda a experiência. 

Você, como a pessoa que está realizando a massagem, deve seguir a respiração da pessoa e se conectar com ela através dos movimentos de inspirar e expirar o ar.

Em seguida, comece lubrificando e massageando as partes próximas ao pênis, comece deslizando as mãos por partes como as coxas, osso púbico e o períneo (região entre o ânus e o pênis).

Depois, você pode começar a massagear delicadamente os testículos, puxando-os levemente, envolvendo eles e acariciando com os dedos e as palmas das mãos.

Para relaxar ainda mais, pode usar também as unhas, variar a pegada, fazer sequências de movimento de puxar, girar e acariciar.

É importante não o deixar chegar ao clímax e ao orgasmo rapidamente, então se a pessoa ficar muito excitada, procure tirar as mãos da genitália e diminuir um pouco o ritmo.

Isso é manter a pessoa à beira do orgasmo, em pleno relaxamento com os hormônios do prazer, como oxitocina e dopamina, sendo liberados.

Quando estiverem ambos relaxados e prontos, comece a estimular a próstata e o pênis com movimentos de vaivém delicadamente, até que o parceiro chegue ao clímax com um orgasmo. 

Isso encerra a massagem tântrica, em caso realizar a massagem em um homem.

Veja a seguir como fazer encerrar uma massagem tântrica em uma mulher. 

Massagem yoni: o que é e como fazer

A massagem yoni se concentra em massagear e dar prazer à região da vulva. 

Assim como foi dito na massagem lingam, aqui o receptor da massagem já deve estar bem relaxado e tranquilo, sem perturbações passando pela mente ou tensões no corpo.

Faça com que a pessoa deite de barriga para cima, coloque um travesseiro abaixo de seus quadris (para que fiquem mais elevados), mantenha as pernas da pessoa aberta e com os joelhos dobrados.

Comece a se conectar com a pessoa através da respiração, inspirando e expirando lentamente.

Faça uma massagem no corpo mais lenta e calma; lentamente, comece a estimular e massagear os seios, passando bastante óleo pelo corpo.

Antes de estimular a genitália, faça movimentos leves e de pressão pelas regiões próximas, como coxas, pernas e ao redor da vulva.

Mantenha a calma e a meditação, junto com a pessoa.

Em seguida, comece lentamente a estimular a vulva. 

Passe primeiramente os dedos pelos lábios externos e, em seguida, massageie lentamente os lábios internos, insira um ou dois dedos no canal vaginal devagar.

Você não deve deixar a pessoa ir ao orgasmo logo de primeira, mas mantê-la no clímax por mais tempo.

Por isso, se a pessoa ficar muito excitada, alterne os movimentos e depois retorne a estimular a vulva.

Quando ambos estiverem calmos e prontos, você pode estimular o clitóris com movimentos leves de vaivém, inserir os dedos na vagina e combinar os movimentos, levando a pessoa ao orgasmo.

Massagem tântrica nos seios

Além da massagem yoni e a massagem lingam, também há a massagem tântrica nos seios.

O mesmo princípio das massagens tântricas yoni e lingam se aplica aqui também.

Os seios ou os mamilos, são regiões sensíveis tanto para as mulheres quanto para os homens.

Por isso, dedicar uma massagem para essa região de forma mais demorada pode ser muito relaxante, calmante e também excitante.

Para começar, deixe o ambiente leve e favorável para o clímax.

Uma boa ideia de como favorecer isso, é através de músicas e velas aromatizantes. 

Lembre de reforçar a ideia da respiração, sempre guiando o parceiro a seguir uma respiração profunda, inspirando e expirando com ele.

Coloque óleo entre os seios e na barriga e, delicadamente, vá massageando e distribuindo todo o óleo por essas regiões.

Primeiramente, foque em massagear a região da barriga, para criar o sentimento de desejo e prazer no receptor da massagem.

Depois, passe lentamente para os seios e vá, gradativamente, aumentando a pressão e os movimentos. 

Comece leve, massageie ao redor e depois se dedique ao mamilo, massageando e apertando.

Conforme a pessoa for demonstrando total entrega à massagem tântrica nos seios, comece a rolar, pressionar e até beliscar essa região, mas levemente.

Quanto mais próximos estiverem do orgasmo, vá massageando todo o corpo, bem como o pescoço, a cabeça e o couro cabeludo.

Balance os quadris e ondule a coluna, se for de preferência de vocês, e crie excitação pelo corpo inteiro do(a) parceiro(a), chegando ao orgasmo juntos.

Terminando a massagem tântrica

Como saber quando parar, em casos do receptor da massagem não chegar ao orgasmo?

Nesses casos, é importante lembrar que a massagem tântrica não tem como principal objetivo levar a pessoa ao orgasmo, mas sim, diminuir as tensões, aumentar a conexão entre casais, além do autoconhecimento.

Por isso, mesmo que a massagem não culmine em orgasmo, continue massageando até totalizar 1 hora de massagem tântrica, e continue estimulando o lingam ou yoni enquanto isso.

É possível fazer massagem tântrica sozinho?

Sim, você pode praticar a massagem tântrica sozinho no conforto da sua casa, se preferir.

Sabemos que o corpo feminino é um pudor para muitos na sociedade e, por isso, uma boa forma de começar a se conhecer é através da massagem tântrica.

Ou, simplesmente, para aqueles que querem ter um momento de prazer sozinhos, a massagem tântrica é super fácil e possível de fazer sem ter a companhia de outra pessoa.

Por isso, a recomendação que foi dada lá no começo sobre criar um ambiente e uma mentalidade leve e tranquila, segue aqui para que o prazer sexual alcançado seja alto.

Como fazer massagem lingam sozinho?

Conforme já foi dito aqui, a massagem lingam não tem como foco apenas massagear o pênis, já que a próstata e os testículos também são estimulados.

Por isso, na hora de praticar a massagem lingam, sem vergonha ou medos de experimentar todo tipo de prazer, OK?

Prepare o ambiente para começar a massagem lingam. Já está com as luzes apagadas, as velas acesas, uma música calma para ouvir e o óleo vegetal ao lado?

Primeiramente, você pode começar espalhando todo o óleo pelo seu corpo.

Use suas palmas das mãos e seus dedos como suas ferramentas durante toda a massagem.

Massageie o peito, a barriga. Passe o óleo nas pernas, nas coxas e entre as coxas.

Você pode começar a massagear ao redor do pênis e tocar nos testículos lentamente.

Faça movimentos de puxar, torcer e apertar levemente nos testículos.

Em seguida, passe óleo na glande do pênis e comece a fazer movimentos circulares para espalhar melhor o óleo.

Você pode se demorar um pouco mais no relaxamento da massagem tântrica, não se entregando já de início ao prazer do orgasmo.

Experimente intercalar os movimentos e, quando estiver pronto, se permita ir ao total clímax.

Você pode estimular a próstata, que fica posicionada no ânus, usando movimentos de dedilhar até chegar ao orgasmo.

Por fim, não tenha pressa em levantar da cama e experimente uma meditação relaxante, com respirações leves e profundas.

Como fazer massagem yoni sozinha?

Para realizar a massagem yoni, indicamos que você esqueça os pudores, medos ou vergonha que possa estar sentindo agora.

A massagem tântrica é ótima para promover o autoconhecimento e ajudar a superar traumas sexuais.

Por isso, prepare o ambiente, coloque uma música de sua preferência, apague a luz e acenda as velas.

Se permita relaxar e utilize o óleo vegetal para massagear o próprio corpo.

Use os dedos para estimular com massagem a vulva, os lábios maiores e menores, e também o clitóris.

Você pode inserir um ou dois dedos no canal vaginal e fazer movimentos de vaivém enquanto estimula o clitóris, massageando delicadamente cada região.

Por fim, se permita chegar ao orgasmo e experimente o relaxamento finalizando com uma meditação, com respirações leves e profundas.

Conclusão

A massagem tântrica é baseada em uma filosofia antiga, que preza pelo autoconhecimento e vê o corpo como um local sagrado, que pode ser desvendado e levar ao prazer.

Apesar de ser conhecida como uma massagem erótica, seus fins não são totalmente sexuais e, por isso, muitas pessoas podem fazer a massagem tântrica sem necessariamente serem levadas ao orgasmo.

No texto, explicamos os benefícios da massagem tântrica, o que é e como fazer, além dos tipos de massagem tântrica.

A massagem lingam é voltada para o corpo masculino, enquanto a massagem yoni é voltada para o corpo feminino.

Todos podem usufruir da massagem e superar tabus e preconceitos através da massagem tântrica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *